Com moral alto, Athletico-PR recebe Botafogo, líder do Brasileirão

Três dias após eliminar o Botafogo nas oitavas da Copa do Brasil, o Athletico Paranaense recebe o Alvinegro carioca em Curitiba pela nona rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Em 11º lugar. O Furacão busca uma vitória para subir na tabela e também festejar com a torcida a classificação no meio da semana às quartas da Copa do Brasil. Já para o Botafogo, líder do campeonato, o reencontro pode ter clima de revanche, devido à desclassificação na quarta (31). A bola rola a partir das 18h30 (horário de Brasília), na Arena Baixada. O duelo terá transmissão da Rádio Nacional, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz, reportagem de Rodrigo Ricardo e plantão de notícias com Bruno Mendes.

No histórico do confronto, os paranaenses levam vantagem sobre os cariocas. Venceram 26 dos 54 embates, contra 20 triunfos do Botafogo – o restante foi só empate. Com moral alto, os  donos da casa buscam se recuperar no Brasileirão, já que amargaram derrotas seguidas nas últimas duas rodadas. O técnico Paulo Turra deve escalar um time alternativo neste sábado (3), já pensando na próxima terça (6) quando enfrentará o Libertad (Paraguai) pela Copa Libertadores. Entre os desfalques, estão o meia Vitor Bueno (suspensão) e o volante Fernandinho (lesionado).

O Athletico-PR deve ir a campo com: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Fernando; Erick, Christian e Alex Santana; Canobbio, Vitor Roque e Pablo.

Comandado pelo técnico português Luis Castro, o Botafogo vive uma fase tranquila no Brasileirão: lidera com 21 pontos, cinco a mais que o Palmeiras, na segunda posição. Na partida de hoje, Castro não poderá contar com o lateral-esquerdo Marçal, que lesionou o joelho esquerdo no jogo de quarta (31). A lista de relacionados foi publicada pelo clube na noite de sexta (2), e vale tanto para o duelo desta noite, como para o confronto conta a LDU, na próxima terça (6), pela Copa Sul-Americana.

A provável escalação do Glorioso deve ser com Lucas Perri; Di Plácido, Adryelson, Victor Cuesta e Hugo; Tchê Tchê, Lucas Fernandes e Eduardo; Junior Santos, Tiquinho Soares e Luís Henrique.

* Colaboração do estagiário Luiz Eduardo da Silva, sob supervisão de Paulo Roberto Garritano Filho.

, Agência Brasil*

Fonte: Agencia Brasil