Corinthians bate Cruzeiro na ida das quartas do Brasileiro Feminino

Com um gol de pênalti histórico de Victória Albuquerque nos acréscimos, o Corinthians derrotou o Cruzeiro por 2 a 1, na noite desta segunda-feira (19) no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, na partida de ida das quartas de final da Série A1 do Brasileiro Feminino.

Após este resultado as Brabas do Timão chegam em vantagem na partida de volta da eliminatória, que será disputada, a partir das 18h30 (horário de Brasília) da próxima segunda (26), no Parque São Jorge.

Mesmo atuando na condição de visitante, o Corinthians, que terminou a primeira fase da competição na primeira posição, confirmou a sua condição de favorita do confronto e ficou mais perto de abrir o placar nos primeiros minutos de bola rolando. De tanto tentar, a equipe comandada pelo técnico Arthur Elias chegou ao gol aos 30 minutos. Luana lançou Gabi Portilho na ponta direita, que avançou em velocidade para cruzar para o meio da área, onde Gabi Zanotti teve apenas o trabalho de escorar para o fundo da rede.

Após o gol a dinâmica do confronto continuou o mesmo, com as Brabas do Timão sempre criando mais perigo. Porém, as Cabulosas conseguiram igualar antes do intervalo. E o gol saiu em jogada de bola parada. Aos 44 minutos, a meia Mari Pires bateu de esquerda para levantar na área, onde Marília raspou de cabeça para superar a goleira Lelê.

O Corinthians manteve o domínio na etapa final. Mas as ações ofensivas da equipe do Parque São Jorge não conseguiam superar a defesa do Cruzeiro. Assim, o gol da vitória saiu apenas nos acréscimos em cobrança de pênalti, que foi marcado pela juíza com auxílio do VAR (árbitro de vídeo). Victória Albuquerque, que entrou em campo no segundo tempo, foi para a cobrança e não perdoou.

Com este gol a camisa 17 garantiu a vitória e se tornou a maior artilheira da história da equipe de futebol feminino do Corinthians. Victória Albuquerque chegou à marca de 78 gols em 146 jogos.

, Agência Brasil

Fonte: Agencia Brasil